Boicote o Censo Escolar!

Você não tem de responder às novas perguntas do Censo Escolar deste ano.

Descubra como proteger todas as nossas crianças da bisbilhotice do governo.

Contra fronteiras para crianças.

Nenhuma criança é ilegal.

Mais dados sobre cada criança na Inglaterra, armazenados para sempre…

A coleta do censo escolar está mudando a partir de 06 de outubro de 2016. Essas mudanças irão afetar TODAS as escolas e CADA criança entre 2 e 19 anos na Inglaterra.

NOVAS informações sobre o país de nascimento das crianças, nacionalidade e etnia serão acrescentadas ao Banco Nacional de Dados dos Alunos, o qual pode ser acessado pelo Departamento de Negócios Internos.

O que pais e funcionários das escolas podem fazer?

  • Pais, cuidadores e alunos não devem dar estas informações.
  • Funcionários de escola podem registrar “não obtidas ainda”, “desconhecidas” ou “ não respondidas”.
  • Discutir a questão com seus alunos, funcionários e governantes.
  • Escrever para o seu Membro do Conselho local e/ou Membro do Parlamento(MP)
  • Todas as crianças devem estar seguras na escola.

    Nós acreditamos que informações pessoais sobre as crianças não devem ser usadas para coagir imigrantes( ou usadas para pressionar ). Estamos vendo diariamente o crescimento da retórica anti-imigração e o aumento da violência neste momento pós-BREXIT. Num mundo onde o ex-Ministro da Educação está promovendo planos para lidar com o “turismo educacional”, nós estamos realmente preocupados, pois a coleta destas informações pode fazer a vida ainda mais difícil para os imigrantes e seus filhos, levando à discriminação e gerando medo.

    Não é muito tarde para pôr um fim nessa situação.

    Mesmo que você já tenha entregue informações para a escola de suas crianças, não é muito tarde para voltar atrás. Você pode mudar de idéia em qualquer época antes do censo ser submetido às autoridades e exigir que a escola retenha a informação. O Censo do Outono será colhido em 6 de outubro. Os estudos para compor a origem étnica da Nação começarão em 19 de janeiro de 2017.